Grey – Cinquenta tons de cinza pelos olhos de Christian

Christian Grey é um empresário atraente e bem-sucedido. dono de uma vasta fortuna e de um estilo de vida sofisticado. Com menos de trinta anos comanda um negócio multinacional e, além de lindo, é extremamente controlador.

Anastasia Steele é uma estudante de literatura tímida e reservada, de beleza discreta e espírito independente. Aos vinte e um anos, trabalha numa loja de material de construção e nunca teve um namorado.

Anastasia e Christian não têm nada em comum. Ainda assim, logo que se conhecem sentem uma irresistível atração um pelo outro. A despeito de sua enigmática reserva, Christian se encanta por Ana e se surpreende ao ter que lidar com sentimentos que lhe são desconhecidos. Ninguém sabe que, por trás da fachada de sucesso – os negócios, a fortuna, a família -, ele é atormentado por pesadelos e esconde um passado angustiante. De todas as pessoas que já estiveram em sua vida, só Ana parece ser capaz de ultrapassar as barreiras que ele impõe aos relacionamentos.

A famosa trilogia de 50 tons tem uma versão maravilhosa de Grey, bom, pra quem se interessar, já fiz resenha aqui no blog sobre a trilogia: Cinquenta tons de cinzaCinquenta tons mais escuros e Cinquenta tons de liberdade. Antes de ler a versão do Grey, recomendo ler a trilogia primeiro, pois é na visão de Anastasia com todo aquele romance que muitas mulheres amam!

Confesso que nos livros anteriores muitas vezes eu tinha raiva de Anastasia por ser tão inocente e romântica, mas como vimos nas resenhas ela amadureceu muito. E bom, a versão de Grey no meu ponto de vista é muito melhor, pois nós conseguimos entender um pouco mais sobre ele e o motivo dele levar a vida que leva.

E o mais bacana é você ver ele relutando contra os sentimentos, ele sente que é algo diferente, mas não consegue admitir. É muito legal ver ele descobrindo coisas novas e que não é tão difícil como ele imaginava ter um relacionamento baunilha, como Grey diz.

Claro, que ele tenta lutar também contra a escuridão do seu passado e eu tô super ansiosa para o lançamento do próximo livro que é só na metade do ano! Quero muito acompanhar essa luta na versão dele e ver ele se libertando disso, sabe?

Enfim, assim como os outros, eu recomendo para quem curte este tipo de leitura e bom… não há o que dizer, apenas sentir! 

Comenta aqui, miga!

É você

você.

E sabe como eu percebi isso? Com todas as demonstrações mais bobas e gestos que às vezes passam despercebidos. É você, amor, e eu não tenho dúvida alguma disso.

Confesso que se parar pra pensar eu não demorei muito pra te encontrar, mas, eu fico muito feliz que tenha te encontrado assim, bem cedinho, afinal, somos cheios de primeiras vezes e isso torna tudo mais especial e nosso.

Nós sabemos que nem tudo é perfeito, nem você e muito menos eu somos inteiramente perfeitos, mas o nosso amor se torna cada vez mais forte e admirável com todas as dificuldades que surgem. Nós nos apoiamos, nos respeitamos e nos amamos. E é essa a base de um relacionamento.

Lembra quando nos conhecemos e éramos cheios de inseguranças? Hoje nós conseguimos mostrar um ao outro que todas essas inseguranças são bobas e que somos capazes de muito mais, ainda mais quando estamos juntos. Somos uma dupla de dois que se torna um só e isso é tão poético e romântico mesmo que não faça tanto sentido se você parar pra refletir no que eu acabei de escrever, mas amor, você me causa isso, essa confusão boa e gostosa.

E mesmo que a minha vida tenha sido uma bagunça nos últimos meses, você não se incomodou e não fugiu, muito pelo contrário, decidiu se juntar a minha bagunça. Que agora é a nossa bagunça.

Amor, é você e é só você, ninguém mais.

Comenta aqui, miga!

Ed Sheeran, o ruivo mais fofo do universo

Vai miga, pode falar, o Ed Sheeran é o ruivo mais lindo que você já viu na face da terra. E de quebra, ele é mega fofo e faz música boa. Será que ele tem algum defeito?! Hahahaa.

Não me considero fã, sou dessas que gosta das músicas dele e sempre tenta saber das novidades. Até porque o nosso ruivinho andava bem sumidinho, né? Mas, ele resolveu aparecer e fazer com que o nosso ano de 2017 comece com tudo!

Ed Sheeran, vulgo, o ruivo mais fofo do planeta terra, lançou duas músicas, assim, sem dó nem piedade! Ele deve ter pensado: “Bom, já que eu tô sumido e uma música já vai dar um leve infarto na galera, vou lançar duas de uma vez só e eles têm um infarto fulminante”. Só pode! Brincadeirinhas a parte, eu particularmente amei as duas músicas e resolvi trazer pra vocês que ainda não ouviram. Uma delas até tem uma pegada diferente do que costumamos ouvir quando se trata desse ruivinho, abaixo segue a que eu mais gostei por ser diferente:

E a outra que é sobre a cidade dele:

E aí, cês gostaram? 

Comenta aqui, miga!