O nosso destino

É ficarmos juntos.

E eu sei disso desde a primeira vez que os meus olhos bateram em você. E me deu um nó na garganta quando você me disse oi, foi como se eu estivesse aprendendo a falar.

Na verdade, eu sinto que com você tudo é aprendizado: o primeiro abraço, o primeiro beijo. Todas as nossas primeiras vezes parecem as minhas primeiras vezes. E confesso que eu amei esse teu jeitinho de me ensinar. Não me arrependo do meu passado, eu sempre repito isso, mas eu adoraria que as minhas primeiras vezes tivessem sido suas.

Mesmo depois de algum tempo eu continuo sentindo aquele frio na barriga, principalmente quando ouço seus passos na minha garagem vindo em direção a minha porta. Fico ansiosa esperando você abrir a porta e me lançar aquele olhar de quem quer me ter, de quem já me tem.

São poucas as certezas que eu tenho e uma delas é de que você apareceu no momento certo. O momento até pode não ter sido o certo, mas você o tornou certo e continuou o fazendo ser certo. Tão certo que hoje nós somos o que somos, apaixonados, amantes e mais piegas impossível.

O meu destino e o seu não foram traçados na maternidade, mas agora não é apenas meu ou seu é o nosso destino.

Comenta aqui, miga!

Maria assistiu: Nerve: Um jogo sem regras

Hello girls <3 cês já assistiram Nerve? Não? Não fazem ideia do que seja?

Nerve é um filme que foi lançado em agosto do ano passado, ele chegou a aparecer pelo cinema brasileiro, mas aqui na minha cidade ficou apenas uma semana em cartaz e sim, eu queria assisti-lo e fiquei chocada quando soube que não estava mais disponível no cinema!

Sinopse: A estudante Vee, pressionada pelos amigos, decide participar do jogo online Nerve, que faz desafios reais aos seus jogadores. Porém, o jogo toma um rumo assustador e, ao chegar no estágio final, Vee precisa tomar decisões que irão determinar o seu futuro.

Pra quem gosta daquele friozinho na barriga assistindo filmes, esse filme é perfeito! Fiquei aflita do começo ao fim. A história não é tão forte, mas pode ser uma realidade e com certeza nós podemos comparar Nerve com a famosa “baleia azul“.

O trailer:

Comenta aqui, miga!

Quem eu era antes de você

MJO5HX4V34

Eu preciso de um tempo pra mim.

Tantas coisas sobre mim que eu já não me lembro mais, pois hoje eu vivo de você e do que construímos até aqui. Mas hoje eu decidi pensar um pouquinho mais em mim.

Você pode achar egoísmo da minha parte, mas eu preciso lembrar quem eu era antes de você.

Eu amo quem nós somos juntos, eu amo essa coisa que nós temos de olharmos na mesma direção. Tudo o que planejamos até aqui e passamos, eu sou grata por tudo isso e por você ter me feito enxergar um mundo melhor. Você me fez acreditar que ainda existe bondade no mundo e que as pessoas ainda sabem amar.

Você me ensinou a amar.

Mas hoje eu acordei me questionando: quem eu sou? E essa dúvida não é uma crise existencial, pois eu já passei dessa fase. Eu só preciso lembrar quem eu era antes de você ter entrado na minha vida, no momento em que eu deixei de ser só eu e passei a ser nós.

Até ontem eu pensava como nós, mas e antes de você? Eu não consigo me lembrar como é pensar em mim sem que você esteja no meio. Qualquer decisão que eu tome é relacionado a nós dois.

Hoje eu acordei decidida a me lembrar das coisas que eu gostava, eu quero me sentir dona de mim e fazer tudo por mim. Não se sinta culpado por isso, eu só preciso desse tempo pra matar a saudade de quem eu era.

E eu vou voltar pra você.

Mas hoje eu só quero focar em mim.

 

 

Comenta aqui, miga!