Ainda existe empatia?

Será que existe?

Criar laços com alguém e considera-la sua melhor amiga é difícil mesmo. Não culpo ninguém por hoje em dia não conseguir mais uma amizade verdadeira, mas, e a empatia? Onde que entra nessa história?

Sou a favor da lei “cada um no seu quadrado”, principalmente no trabalho, por ser um ambiente sério e que você precisa manter um bom relacionamento com as pessoas ao seu redor, o respeito fica acima de qualquer coisa.

É claro que, às vezes, você acaba se identificando mais com uma pessoa e ela se torna sua colega de trabalho mais próxima, mas você sempre tenta manter um bom relacionamento com todos, afinal, você tem que lidar com essas pessoas todos os dias. E mesmo que você lide com essas pessoas todo santo dia, você não as conhece 100%.

Essa última semana passei matutando sobre alguns fatos que ocorreram no meu trabalho. Sabe quando você convive com uma pessoa e você acaba sabendo que ela prejudicou outra pessoa sendo que isso não faria diferença nenhuma na vida dela, mas mesmo assim ela fez? Eu acredito muito na lei do retorno e mesmo que ela tenha uma justificativa plausível sobre o comportamento dela, valeu a pena pra ela? Afinal, a pessoa que ela prejudicou será demitida.

Afinal, o que é empatia?

Eu espero que ainda exista uma solução para toda essa falta de empatia que temos enfrentado no dia a dia, ninguém n i n gu é m no one nobody é melhor que ninguém.

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Talvez cê curta

82 Comentários

  1. Eu acho ridículo quem prejudica as pessoas, fazendo ou não diferença em suas vidas. Amadureci demais com os anos, principalmente nessas “amizades de trabalho”, sou uma pessoa que se dá bem com facilidade e acabo me tornando amiga das pessoas, infelizmente eu já cai muito nessas amizades, achando que o outro lado se sentia da mesma maneira que eu. Já descobri gente tentando puxar meu tapete enquanto fingia ser minha “bff que o trabalho uniu”, gente manipulando as pessoas. Esse mundo business é meio complicado mesmo, não devemos confiar facilmente nos outros, por mais chato que isso seja… É um tentando puxar o tapete do outro, um absurdo. E por coisas assim quem tem caráter acaba sendo generalizado… Beijokas 🙂

  2. Triste realidade né Sté o mundo está cheio de pessoas que não gostam de ser legais com as outras nem querem se colocar no lugar do outro! Faz mesmo questão de pisar e magoar, falo isso pois já senti na pele não só no trabalho mas tbm na vida pessoal!!
    Mas também sei que existe pessoas boas que tem um coração lindo e que gosta de ver o outro feliz!
    Mais empatia nesse mundão ai !!
    Beijos
    http://www.silalmeida.com

  3. Olá. Nossa eu adoro posts reflexivos assim. Sabe já vou dizendo que eu sou uma pessoa com bastante empatia. Eu sempre me ponho no lugar dos outros e tento compreender porque a pessoa é de um tal jeito ou como eu posso fazer para ajudar. Eu prefiro acreditar que o mundo é bom. Mesmo que isso pareça algo meio utópico eu prefiro acreditar desse jeito. Porque eu tenho uma teoria de que o que a gente acredita se torna realidade. Porque se você ver, várias pessoas que acreditam que um mal existe ele acaba existindo. Mas sobre o post mesmo, achei bastante interessante. Tem pessoas egoístas mesmo por aí. Mas a gente tem que fazer a diferença. Sabe eu até acredito na lei do retorno, mas já estou bem acostumada a não esperar nada em troca porque eu penso que fazer coisas esperando retribuição não foi feito por amor e sim por interesse. Então pelo fato de eu ser uma pessoa bem solidária eu acredito que ainda existe empatia sim. Acho que a gente não pode perder as esperanças. Porque ao menos eu, acho que se eu perder as esperanças na humanidade eu perco a esperança em mim porque eu também faço parte da humanidade. É algo bem reflexivo. E como eu gosto de assuntos do tipo vim comentar aqui. Primeira vez aqui no blog. Acho que Deus é justo então acho que tudo que se planta se colhe e segue a vida. Claro que no mundo há pessoas ruins se dando bem? Sim. Mas elas não estão ganhando o mais importante que é o amor ao próximo. Do que adianta ter dinheiro, riquezas se não se tem amor? É algo bem reflexivo essa questão. Bjinhos.

    1. Caramba, falou tudo! Talvez eu não tenha me expressado da forma correta, mas sim, eu também acho que se você fizer algo pensando no retorno não foi feito com sinceridade e de corpo e alma. Faz todo sentido, amei teu comentário ❤️

  4. É muito difícil, eu sempre sinto que as pessoas não entendem ou julgam, querem mostrar que elas estão em situações piores, que somos ingratos – ninguém consegue se colocar no lugar do outro… Mas só uma tentativa de compreensão já ajudaria muito. Bonito texto 🙂


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  5. Desde que entrei na idade adulta e me mudei para a capital que essa coisa de criar amizades e ter uma melhor amiga se tornou um luxo muito raro! Hoje em dia as pessoas não estão interessadas em criar verdadeiras amizades, se não tens algo que lhes pode ser útil e não tens uma vida social de noitadas e afins, não és importante.
    E a empatia? Por vezes acho que se está a perder…

    http://mrs-margot.blogspot.pt/

  6. Que situação, em? O foda é que não podemos fazer nada para mudar essa pessoa porque a mudança primeiramente vem de dentro e a pessoa tem que querer mudar… Eu espero que ela entenda que prejudicou alguém e que mesmo que não seja agora, nem amanhã, nem daqui a um mês, que ela se arrependa do que fez e sinta na pele o peso da culpa, porque acho que a melhor lei do retorno é essa, a culpa, a decepção com nós mesmos/com nossas ações e a pergunta “e se?” atormentando pelo resto da vida.

    Beijos!
    http://www.memorizeis.tk

  7. Muito bom esse teu post, eu acredito que nos dias de hoje esta faltando muita empatia das pessoas, ainda mais no trabalho. Eu voltei a um mês pra uma empresa que eu trabalhei em 2013 e vi que as coisas estão muito mudadas … pra pior, me incomodei com alguns colegas mas pensei como você disse no post, vou conviver com eles todos os dias, preciso manter um bom relacionamento, deixei o orgulho de lado e resolvi começar de novo, conheci uma das colegas melhor e descobri que ela também fez coisa errada para prejudicar outra colega. E sim, essa outra também sera demitida.

    O que ela ganhou com isso? Nada.
    esse tipo de coisa me incomoda, me entristece…

  8. É muita falta de empatia.
    Realmente o que mais vejo hoje em dia sabe?
    Fazer amizades verdadeiras é difícil também, mas a empatia tem sido esquecida.
    No serviço do meu pai mesmo tem gente lá que se puder derrubar o outro, derruba mesmo e sai atropelando todo mundo, faz fofoca alheia e tudo. Fico de cara!
    Beijos!
    Pam

  9. Sinto que cada vez mais falta empatia nas pessoas e não precisa ser necessariamente no trabalho. Já notou quantas pessoas cumprimentam o motorista do ônibus quando pega a condução? Pois é, eu sou uma delas.
    A gente tem que ser mais grata e se colocar no lugar das pessoas
    big beijos
    http://www.luluonthesky.com

  10. Como sempre, AMO teus textos <3
    E referente a ele, realmente…as vezes também me questiono se ainda existe empatia no mundo, ainda mais nesse mundo doente em que vivemos…apesar disso, eu procuro fazer a minha parte, me considero uma pessoa empática que muitas vezes, pensa mais nos outros do que em mim mesma hehehe.

    um beijo enorme!
    Carla Carrais | http://www.cahcarrais.wordpress.com

  11. Texto muito bom! Eu estava pensando sobre isso justamente hoje em relação ao meu trabalho também. A empatia é essencial para se trabalhar num ambiente ao menos harmonioso e aturável. A falta de educação de algumas pessoas e inclusive as intenções ruins para com o próximo é péssimo, e infelizmente é algo comum de se ver no meio de trabalho. Só nos resta torcer por um mundo com pessoas que ajam de forma melhor!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

  12. Oi, Sté!
    Fiquei pensando nisso que você nos perguntou… Acredito que empatia é algo que a gente cultiva e dá exemplo mesmo. É difícil de se ensinar algo tão complexo. Também acho que a pessoa aprende sobre empatia quando precisa dela e não tem. Uma vez ou outra isso sempre acaba acontecendo.

    Eu espero que você fique bem e que não se deixe contaminar por esse ambiente tão hostil e nada empático (porque eu sei que isso tudo deve ter te deixado meio mal).

    Que tudo dê certo por aí! ♥
    Beijos,

  13. Poxa que foda isso que aconteceu no seu trabalho 🙁
    Eu também acredito muito na lei do retorno, e isso existe mesmo.
    Desde o meu primeiro emprego eu sempre tento manter um bom relacionamento com as pessoas e evito comentar da minha vida pessoal com elas, ninguém por exemplo sabe que tenho blog nem nada.
    Acho que trabalho e colegas de trabalho é um ambiente delicado, como as pessoas podem te ajudar também pode te prejudicar.
    E isso da falta de empatia no mundo é triste. É raro encontrar alguém se que coloque no lugar do outro. Mas e nós, estamos fazendo nossa parte?

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *