Amor por cachorros + como fazer doações

Olá meninas, hoje eu resolvi falar um pouquinho sobre um assunto que eu gosto muito: cachorrinhos!

Desde novinha sempre tive um grande apreço por animais e quando eu falo animais é no modo geral, já tive peixe, gato, cachorro, hamster e agora tenho um esquilo da Mongólia, pois onde eu moro não me permite ter um cachorrinho e então escolhi ele por ser quietinho e ficar bem confortável em uma gaiola. Prometo que posto sobre ele qualquer dia desses, ele é uma graça!

A minha vontade é morar em um lugar que me permita ter um cachorro. Sonho muito um dia chegar em casa e ele vir todo bobo abanando o rabinho por estar feliz em me ver, não existe amor mais sincero que esse! Mas eu tenho um sério problema: sou uma péssima dona no quesito educação! Minha mãe que o diga haha.

Eu ganhei uma pinscher quando tinha mais ou menos uns 5 anos de idade, quando meu pai chegou em casa com a cadelinha a única pessoa que não gostou muito da ideia foi minha mãe, pois ela temia que nenhum de nós soubéssemos como educar um cachorro: dito e feito! Eu e meus irmãos deixávamos ela dormir com a gente (só minha mãe via problema nisso), se estivéssemos comendo nós dávamos um pedaço para ela e com o tempo ela aprendeu a pular no nosso braço enquanto estávamos na mesa almoçando. Até que era engraçadinho, mas minha mãe odiava. Minha mãe era do tipo que colocava tapete por toda a casa e isso foi um sério problema, nós tínhamos um terreno enorme, mas adivinha onde ela fazia as necessidades dela? Em todos os tapetes possíveis! Gente, levei tanta bronca, vocês não tem noção! Hahah.

Olha a fofinha aí <3

Infelizmente ela veio a falecer no início do ano de 2016 e eu já não morava mais com a minha mãe, mas eu sempre cuidava dela quando eu ia visitar ela. Quando minha mãe me ligou pra contar que a Jhoy havia falecido eu chorei muito e não só naquele dia. A Jhoy fez parte do meu crescimento e é impossível esquecer de todas as mordidas que eu levei dela, aliás, acho que nenhum dos meus amiguinhos esqueceram das inúmeras mordidas que levaram dela, ela era muito temperamental e morria de ciúmes da gente! 🙁

Sou dessas pessoas que veem um cachorro na rua e querem levar pra casa, sabe? Mas eu nunca pude, então depois que comecei a trabalhar eu tive a ideia de poder ajudar de alguma forma e eu felizmente encontrei isso na internet! Tem um site chamado Vakinha online e lá tem vários tipos de vaquinhas para ajudar, principalmente de animais! Eu geralmente faço doação para o abrigo animal aqui da minha cidade, mas já fiz doação para outros estados. Você pode fazer a doação de qualquer valor, às vezes você acha que é pouco o que você pode doar, mas isso faz uma grande diferença para quem precisa, acredite! Doe quando puder, você vai saber como é ótimo esse sentimento de estar ajudando quem precisa, nesse caso: um animalzinho! *-*

Espero que tenham curtido essa ideia! 

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Talvez cê curta

64 Comentários

  1. a gente se apega um monte né?
    eu não posso ter bichos porque minha mãe é alérgica!
    mas gostaria de ter se tiver espaço na minha futura casa!
    acho super importante saber educar, até pra não incomodar os vizinhos! porque tenho esse problema! kkkkkkk

    xoxo
    Guria do Século Passado

  2. eu amo cachorrinhos também! tenho tanta dó quando vejo um na rua que a minha vontade é trazer embora, pena que não posso :/ meu sonho era ter uma chácara bem grande só pra acolher os animaizinhos abandonados. Achei bem legal esse site e eu não sabia dele, vou entrar pra ver *-*

  3. Eu amo cachorros tive uma também com a mesma idade que você e perdi ela no ano passado só sei que dói até hoje.
    Ah foi muito choro e se eu lembrar dela já começo a chorar de novo.
    Eles são parte da gente é como família.
    Eu nunca amei alguém tão intensamente como a minha cachorra, claro tirando meus pais que eu os amo, mas ela foi incondicional.
    Eu também sou assim vou na rua falo com cachorro, gato e já quero levar pra casa.
    Adorei esse site não conhecia ai dá pra ajudar como puder que bacana.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

  4. Ahhh Sté! Espero que você tenha possibilidade de ter um cachorrinho! Eu queria muito, mas meu novo apê além de ser muito pequeno seria uma judiação deixar o bichinho lá sozinho o dia todo… 🙁

    Mas amo! Meus planos são de ter pelo menos três cachorros quando eu tiver uma casa com espaço!

    :*

  5. Excelente dica, Sté! Vou procurar mais no Vakinha, sobre doação para alguma ONG. Sou apaixonada por bicho e também sempre que vejo um na rua, quero levá-lo para casa. Ao menos através de doações, é uma forma que podemos ajudar mais.

    Beijo!

  6. putz, que ideia bacana essa da vakinha! Também sou completamente apaixonada por animais e principalmente dogs. Sempre que posso ajudo, mas nunca tinha pensado em fazer isso online! tbm sonho muito em ter um cachorro.. aliás, vários em casa! Por enquanto só tenho uma poodle toy e um vira lata que ficam na casa da minha mãe, e são meus dois amores da vida. <3

  7. Bacana você ter feito essa postagem, principalmente porque ela é cheia de sentimentos. Animais, não importa o tipo, são fundamentais para o crescimento da criança, e nos fazem muita companhia. Vale a pena doar com certeza

  8. Jhoy sabe que era amada e amava você também, disso eu tenho certeza 😉 Eu nunca tive um cachorrinho ou um gatinho, mas sou louca pra ter, porém aqui em casa não dá. Por mais que eu tenha uma garagem grande, com um espaço grande pra deixar o dog correndo e brincando sempre, minha vó tem medo porque já foi mordida no rosto por um cachorro de rua na adolescência dela e desde então ela tem trauma 🙁 eu já pensei em adotar um cachorro, tipo adotar ele mas sem trazer ele pra casa, sabe? Iria todos os dias até ele pra dar carinho, brincar, dar comida e tal, mas teria que ser aqui perto de casa, enfim, pensei vagamente nisso mas não consegui colocar em prática ainda. Porém tenho uma calopsita agora, meu primeiro pet real, porque os peixes que eu tive sempre pulavam pra fora do aquário ¬¬acho que eles não gostavam muito do aquário pequeno, sabe? Hahaha! Enfim, adorei o post! E adorei saber que posso colaborar com doações mesmo que de longe 😉
    Beijos!

  9. Esquilo da Mongólia? O quê? Quero post pra ontem!!
    Ok, agora sobre esse projeto super legal para doar: amei. Sério. Achei demais a iniciativa e tenho certeza que muitas pessoas vão adorar e doar; eu mesma vou compartilhar sobre o lugar e repassar para amigos que, assim como você, não podem ver um cachorrinho na rua.
    Aliás, sinto muito pela Jhoy. Eu imagino que tenha sido super triste a notícia do falecimento dela 🙁

    Beijos,
    Bi.

    http://www.naogostodeunicornios.com

    1. Ele se chama Adam, é um amorzinho, porém, uma peste! hahahhhhha Bi, passa mesmo! Tem muita gente por aí que não sabe dessa ideia ainda!
      Sim, foi muito difícil, ela fez parte do meu crescimento, né? Fazia parte da família <3

  10. Bem legal a dica! Na minha cidade tem uma ONG que ajuda cãezinhos e acho o trabalho deles super legal 🙂 Também adoro cachorrinhos *–* Tenho uma Yorkshire.

    Me siga no instagram @biigthais
    Me siga no twitter @biigthais
    Curta a fan page em facebook.com/biigthaisblog

    http://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

  11. Sté, eles merecem todo o nosso amor. ♥ Que sapeca, mas sabe, mesmo com as travessuras, vale muito a pena. Quando eles vão para a Ponte do arco íris dói muito e é uma saudade… Mas tenho certeza que ela está cuidando de você sempre. 🙂 Ah! E é muito bom fazer essas doações mesmo. Ajudar de alguma forma. A gente aqui em casa também ajuda um abrigo e ano passado adotamos uma cachorrinha. Ah! No Rio está rolando uma rifa de Páscoa (ovo de colher vegano) para ajudar um abrigo também, se quiser divulgar. Mais informações nesse link: https://www.facebook.com/indefesos2?pnref=story.

    Beijos, Carol
    http://www.pequenajornalista.com

  12. Ohm, que dó, acho um absurdo certos locais nao permitirem animais de estimação, tendo em vista que não há amparo legal para este tipo de decisão. Se você procurar qualquer advogado você vai ver isso! Mas ok… né?
    Bom, você pode ajudar as ONG’s tambem que fazem um trabalho lindo, tenho uma amiga que ama animais, mas nao quer tê-los em casa, então ela ajuda mensalmente ong’s com uma quantia ^^
    Eu tenho praticamente uma ong em casa, são três gatos e duas cadelinhas e fora os agregados quando vem visitar hahaha
    beijao!

    coloresam.com

    1. Awnn, Au! A ideia é que vocês possam ajudar ou indiquem pra amigos que queiram ajudar de alguma forma, mesmo que a distância! Uso o vakinho há muito tempo <3

  13. Olá, tudo bem?
    Gosto de cachorrinhos, acho muito fofos.
    Meus pais já tiveram dois a Pandora e o Rex ambos faleceram.
    Me apeguei bastante a Pandora e quando ela morreu fiquei bem triste, já o Rex não quis me apegar por que não queria sofrer quando o perdesse.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *