Mystery Blogger Award

 

Sabe aquela segunda-feira clichê em que nada dá certo e você pensa em “meter o loko“? Essa foi a minha segunda-feira agora (10/07) e fui surpreendida positivamente pela Caroline Waschburger do blog Controvérsias, pois ela me indicou ao Prêmio Mistery Blogger Award e adivinha? Eu a-mei!

Que prêmio é esse, maria? O Mystery Blogger Award é um prêmio para blogueiros incríveis com postagens engenhosas. Seu blog não só cativa; ele inspira e motiva. Eles são um dos melhores e eles merecem todo reconhecimento que eles conseguem. Este prêmio também é para blogueiros que acham diversão e inspiração em blogs e fazem isso com tanto amor e paixão”. (Okoto Enigma)

Aos premiados com essa indicação maravilhosa, existem algumas regrinhas:

♥ Colocar o logo/imagem do prêmio no seu blog.
♥ Listar as regras.
♥ Agradecer a quem o nomeou e fornecer um link para seu blog.
♥ Mencionar o criador do prêmio.
♥ Contar a seus leitores três coisas sobre você.
♥ Nomear até dez pessoas.
♥ Notificar os seus indicados comentando no seu blog.
♥ Pedir a seus candidatos que respondam cinco questões de sua escolha, perguntas estranhas ou engraçadas.
♥ Compartilhar um link para sua melhor postagem.

Três coisas sobre a minha pessoa:

1. Eu tenho um esquilo, na verdade, um esquilo da mongólia. Tem lá seus traços de hamster, mas é muito diferente ao mesmo tempo. É uma gracinha <3

2. O meu nome é Sthefanny, mas não me perguntem pra que tanta letra desnecessária, nem minha mãe sabe! (Foi ela que escolheu o meu nome, detalhe)

3. Eu amo borboletas e flores, uma das coisas mais lindas que existe nesse mundo!

O que a Carol me perguntou:

1. Se pudesse escolher um livro ou um filme para contar a história da sua vida, qual seria?

O primeiro filme que passou pela minha cabeça foi: Stuck in love (Ligados pelo amor), eu sempre me identifiquei muito com a personagem que a Lily Collins interpreta: uma garota escritora que não acreditava no amor e conhece alguém que fez ela mudar esse conceito! <3

2. Você coleciona algo? Por quê?

Borboletas, porque sou extremamente apaixonada <3

3. Como imagina sua vida junto com o blog daqui 5 anos?

Eu imagino ele bem mais a minha cara, do jeitinho que eu quero!

4. Você trocaria a sua vida pela de algum personagem fictício ou real?

Hermione, always!

5. O que inspira você a levantar da cama toda manhã?

Comer hahahahahaha, é sério, mas, todas as pessoas que eu amo são inspiradoras e me deixam um pouco menos negativa!

Minhas perguntas:

1. O que te incentivou a criar o blog?

2. Uma palavra que defina você, apenas uma!

3. Qual é a banda que você mais tem escutado nos últimos tempos?

4. Qual foi a última série ou filme que assistiu e amou?

5. Na sua opinião quem é melhor: Homem de Ferro ou Capitão América? (Desculpa gente, no meu trabalho há um empate a respeito disso! Hahaha)

Minha melhor postagem:

Eu não tenho uma melhor postagem, sabe? Existem posts que eu simplesmente adoro o fato de eu ter escrito e esses posts ficam nessa categoria aqui: Textos de amor.

As pessoas que indico:

Gente, não vou indicar ninguém em específico, porque eu adoro todos vocês que visitam o meu cantinho e eu quero que TODOS se sintam indicados, ok? Ok! <3

Carol, sua linda, muito obrigada por me indicar! Acompanho o seu blog há pouco tempo e tenho um tombo por ele! ♥

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Comenta aqui, miga!

Quem eu era antes de você

MJO5HX4V34

Eu preciso de um tempo pra mim.

Tantas coisas sobre mim que eu já não me lembro mais, pois hoje eu vivo de você e do que construímos até aqui. Mas hoje eu decidi pensar um pouquinho mais em mim.

Você pode achar egoísmo da minha parte, mas eu preciso lembrar quem eu era antes de você.

Eu amo quem nós somos juntos, eu amo essa coisa que nós temos de olharmos na mesma direção. Tudo o que planejamos até aqui e passamos, eu sou grata por tudo isso e por você ter me feito enxergar um mundo melhor. Você me fez acreditar que ainda existe bondade no mundo e que as pessoas ainda sabem amar.

Você me ensinou a amar.

Mas hoje eu acordei me questionando: quem eu sou? E essa dúvida não é uma crise existencial, pois eu já passei dessa fase. Eu só preciso lembrar quem eu era antes de você ter entrado na minha vida, no momento em que eu deixei de ser só eu e passei a ser nós.

Até ontem eu pensava como nós, mas e antes de você? Eu não consigo me lembrar como é pensar em mim sem que você esteja no meio. Qualquer decisão que eu tome é relacionado a nós dois.

Hoje eu acordei decidida a me lembrar das coisas que eu gostava, eu quero me sentir dona de mim e fazer tudo por mim. Não se sinta culpado por isso, eu só preciso desse tempo pra matar a saudade de quem eu era.

E eu vou voltar pra você.

Mas hoje eu só quero focar em mim.

 

 

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Comenta aqui, miga!

Você vive ou sobrevive?

Um dia desses eu me questionei sobre algo que jamais havia parado para pensar: eu estou vivendo ou sobrevivendo? 

Infelizmente a resposta não é a que eu gostaria que fosse, eu tenho sobrevivido a literalmente tudo. A rotina, o trabalho, os ônibus lotados, as chuvas não previstas pela previsão e as contas que nunca diminuem.

Os últimos anos têm sido assim; pouco tempo e quando eu tenho tempo, eu não tenho vontade, pois me sinto muito cansada. Afinal, o sentido da vida não é viver? Foi aí que eu percebi que eu não tenho vivido, não tenho aproveitado as oportunidades e muito menos tenho ido atrás de novas oportunidades.

Eu me sinto cansada.

E isso não é só em relação ao cansaço dessa rotina de todos os dias: acordar cedo para ir trabalhar e chegar tarde em casa sem tempo para nada, isso tem a ver comigo, com o que eu quero, quem eu sou e o que me faz feliz. Eu não me sinto feliz apenas sobrevivendo.

Eu tenho como mudar isso?

Essa é a pergunta mais importante. Tenho inúmeras possibilidades, mas o medo insiste em me rondar. Será que vale a pena agir sem pensar duas vezes, aceitar novos desafios e enfrentar os medos? Sempre preferi me arrepender de fazer algo do que ficar me perguntando: E se? Acho que ta na hora de fazer algo pra mudar, eu quero começar a viver!

E você, tem vivido ou sobrevivido?

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Comenta aqui, miga!