É você

você.

E sabe como eu percebi isso? Com todas as demonstrações mais bobas e gestos que às vezes passam despercebidos. É você, amor, e eu não tenho dúvida alguma disso.

Confesso que se parar pra pensar eu não demorei muito pra te encontrar, mas, eu fico muito feliz que tenha te encontrado assim, bem cedinho, afinal, somos cheios de primeiras vezes e isso torna tudo mais especial e nosso.

Nós sabemos que nem tudo é perfeito, nem você e muito menos eu somos inteiramente perfeitos, mas o nosso amor se torna cada vez mais forte e admirável com todas as dificuldades que surgem. Nós nos apoiamos, nos respeitamos e nos amamos. E é essa a base de um relacionamento.

Lembra quando nos conhecemos e éramos cheios de inseguranças? Hoje nós conseguimos mostrar um ao outro que todas essas inseguranças são bobas e que somos capazes de muito mais, ainda mais quando estamos juntos. Somos uma dupla de dois que se torna um só e isso é tão poético e romântico mesmo que não faça tanto sentido se você parar pra refletir no que eu acabei de escrever, mas amor, você me causa isso, essa confusão boa e gostosa.

E mesmo que a minha vida tenha sido uma bagunça nos últimos meses, você não se incomodou e não fugiu, muito pelo contrário, decidiu se juntar a minha bagunça. Que agora é a nossa bagunça.

Amor, é você e é só você, ninguém mais.

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Talvez cê curta

68 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *