O primeiro não

MFQ5MVE2HL

Desde novinhos nossos pais tentam nos ensinar algo, mas, como somos apenas crianças não aceitamos e na maioria das vezes resistimos aos bobos não’s que eles nos dão.

Quem nunca foi ao mercado com os pais, pediu uma bala e levou um não? Poxa, mas era só uma bala! ?. É o que pensamos na hora, ok, ok! Confesso que eu ficava por algumas horas emburrada pensando em como meus pais não me amavam e não se importavam comigo, só pelo fato deles terem negado uma simples bala que não custaria nem R$0,05 (naquela época, detalhe!).

Mas, muitas vezes, muitas coisas que eu desejei e pedi e levei um doloroso não, se eu questionasse o porquê do não, a resposta era imediata, quase que automática, talvez eles tivessem até combinado de usar essa frase: “quando você crescer, você vai entender” e eu rebatia: “mas vai demorar!”. Engraçadinha? Talvez, mas eu não fazia ideia do que me aguardava!

Hoje, com meus vinte e dois anos completos e bem vividos, diga-se de passagem, eu aprendi que aqueles não’s eram bobos, não eram nada comparados aos não’s que eu colecionei até agora e eu sei que muitos deles virão, mas, de alguma forma eles sempre me surpreendem e aquela frase surge na minha cabeça: “quando você crescer, você vai entender“.

Cada não que você levou dos seus pais e ficou chateado, se sentindo injustiçado, acredite, ele tinha motivo. Eles estavam tentando te preparar para algo chamado: vida e em algum momento da sua vida, eles não poderiam te proteger de um não e eles sabiam disso. Sim, eu sei, o primeiro não que você levou da vida foi completamente diferente daqueles não’s que os seus pais te deram, mas, e se eles nunca te negassem nada? Se eles fizessem todas as suas vontades? Como você reagiria ao primeiro não?

É claro que na vida há inúmeros não’s colecionáveis: empregos, relacionamentos etc. Mas, você tem que aprender com cada não e não deixar que eles te façam perder o chão, afinal, seus pais não te negaram tantas coisas pra você não ser forte e não saber encarar isso, né?!

O não de hoje é fruto de um futuro com muitas experiências, procure aproveitar cada não e aprender com eles a dar o melhor de você!

Comenta aqui, miga!

Dica de série: Hart of Dixie

Hart-of-Dixie-1920x1080

Se você é do tempo em que o SBT transmitia séries como: One Tree HillSmalville e The O.C. vai lembrar que a protagonista dessa série que eu indiquei é ninguém menos que Rachel Bilson, sim, a inconfundível Summer Roberts de The O.C.

Hart of Dixie não é uma novidade, a série foi lançada em 26 de setembro de 2011, mas aqui no Brasil passou a ser exibida em julho de 2012. Eu conheci a série em 2013, encontrei a série por acaso e como gosto muito da atriz Rachel Bilson resolvi assistir e não me arrependi!

Rachel Bilson interpreta Zoe Hart, uma médica recém formada que mora em Nova York. A vida de Zoe dá uma revira volta quando ela descobre que seu pai que é sempre tão ausente não é seu pai e que herdou do seu verdadeiro pai parte de uma clínica em uma cidade chamada Bluebell.

Zoe, sem saber o que fazer, aproveita que o seu trabalho não está como ela gostaria que estivesse e resolve conhecer a cidade para saber um pouquinho mais sobre seu pai biológico.

tumblr_mhlwssMWE91s1sqcoo1_500

Bluebell é uma cidade pacata e como boa nova iorquina, Zoe enfrenta algumas dificuldades na cidade. Mas conhece Lavon, astro do basquete que largou as quadras e virou prefeito da pequena cidade, que cede uma casa a ela enquanto ela tenta se adaptar. Logo de cara ele se torna o melhor amigo de Zoe!

tumblr_llr9gt47ZD1qh6u6yo1_500

E com toda essa bagunça Zoe descobre quem ela é e porque ela escolheu essa profissão. Em Nova York Zoe tratava todo paciente como mais um, sem dar muita atenção e em Bluebell ela passa a conhecer os seus pacientes, fazendo com que eles se sentissem a vontade com ela.

No meio desse autoconhecimento rolam muitas risadas e muitas shipadas! Sim, tem muito casal pra shipar nessa série e ó, só homem gato! Garanto! Hahah

tumblr_ltag159L1P1qdvjpho1_500

Cês já viram ou ouviram falar da série, meninas?

Xoxo.

Comenta aqui, miga!

Indie, três irmãs e uma banda: HAIM

HAIM
Danielle, Alana e Este.

HAIM é uma banda indie composta por três irmãs, ao lado do baterista Dash Hutton. HAIM (a pronúncia é Háim) é o sobrenome das gatas, elas cresceram em Los Angeles, Califórnia. Esse gosto pela música vem de berço! Quando elas ainda estavam na escola, seus pais formaram uma banda em família para tocar covers em algumas feiras de caridade locais.

Sabe aquela banda que você vê o clipe pela primeira vez e acha estranha? Então, isso aconteceu comigo quando eu conheci HAIM. Mas por que eu tive essa primeira impressão? As dancinhas delas são bem estranhas, mas depois de um tempo eu acabei me acostumando e até acho isso um charme particular delas! Dá uma olhadinha:

haim-gif-1

Foi amor à primeira vista, confesso! Amante de discos, quando eu soube que elas tinham lançado um disco eu fui correndo no Mercado Livre procurar e encontrei! Eu que já tinha ouvido milhões de vezes as músicas delas, ainda fiquei super ansiosa esperando o disco chegar e quando chegou? Eu não me cansei de ouvir <3

Foi esse disco aqui:

10747953_742227175833051_1267648904_n

Vou deixar uma playlist pra vocês ouvirem algumas músicas e (talvez) se apaixonarem por elas como eu me apaixonei! *-*

Comenta aqui, miga!