Aprendendo a cozinhar com: Desbocada

tumblr_mpe2luzNcU1s7sy5qo2_500

Não sou muito atualizada quando o assunto é youtubers famosos, mas, os poucos que eu assisto, eu assisto pra dar risada!

Quando entro no youtube o meu intuito é descontrair ou tirar o peso daquele dia que foi muito cansativo, por este motivo opto assistir canais em que eu sei que é risada na certa.

No meio de inúmeros youtubers eu conheci a Bruna Louise mais conhecida como: DESBOCADA. Bom, se você acha que DESBOCADA é por acaso, não é não! A Bruna fala muuito palavrão e é uma das youtubers mais engraçadas que eu já vi nesse mundinho chamado youtube.

Além dos vídeos engraçados, Bruna resolveu dar uma de Ana Maria Braga e criou um quadro chamado: Desbocada na cozinha. Se você não se considera uma chef na cozinha, deveria assistir os vídeos que separei pra este post, pois você vai se identificar! Haha.

DESBOCADA NA COZINHA – BRIGADEIRO

DESBOCADA NA COZINHA – NEGA MALUCA

DESBOCADA NA COZINHA – ULTIMATE NACHO

E pra descontrair e dar muita risada separei mais um vídeo engraçado em que eu particularmente ri do início ao fim! A Bruna não tem limites!

DESBOCADA – BALEIA RESPONDE – PEPECA I

E aí? Gostaram das receitas e do último vídeo bônus? Hahah

Até a próxima, girls!

Xoxo.

Comenta aqui, miga!

Tem como não odiar a segunda-feira?

tumblr_nz9nmztDD21u294kuo1_500

Ótima pergunta, né meninas? Quem nunca foi dormir no domingo a noite já se martirizando pelo próximo dia ser segunda-feira? Você? Atire a primeira pedra, miga! Ou melhor, quem nunca levantou com o pé direito na segunda-feira só para garantir que as coisas dessem certo nesse dia tão temido?! o/ só eu já fiz isso? Ok, ok! 🙁

Boatos de que a segunda-feira é o pior dia da semana; é o dia que mais custa a passar e o melhor dia para coisas ruins acontecerem (melhor dia/coisas ruins? Ok, isso foi confuso). Bom, isso me lembra muito a sexta-feira 13! As pessoas supersticiosas não desejam ver um gato preto ou fazem de tudo para não passarem embaixo de uma escada. E isso impede que algo ruim aconteça nesse dia? É miga, eu acho que não!

A segunda-feira é o início da semana e por este motivo é tão odiada! Pessoas que trabalham/estudam retornam suas atividades e querendo ou não, quem gosta de rotina, né?

Agora vem cá, deixa eu te fazer uma perguntinha bem séria: você ama o que você faz?

Se você demorou para responder; encontrou o motivo pelo qual você odeia a segunda-feira! Ela poderia ser mais um dia normal, no qual você faz algo que você realmente gosta e por você gostar não teria problema algum de ter essa rotininha. Quando você de fato gosta de alguma coisa, você ama a rotina! E tem coisa melhor que fazer algo que você realmente ame? Você perde a noção do tempo, nem vê a hora passar, pois ela voa. Aí quando você percebe a segunda-feira já passou puft! Num piscar de olhos!

Então se você já tentou amar o que você faz, mas não conseguiu de jeito nenhum e você não tem como deixar de fazer, a única dica que eu tenho pra te dar é: faça com amor. Você até pode não amar, mas tente colocar uma pitada de amor ao fazê-lo, você vai ver, as coisas vão mudar!

E ser positiva? Sempre! Essa é uma lição não só pras segundas-feiras da sua vida, viu? Coloque paixão em tudo o que você faz e, seja positiva! Eu te garanto, nada irá estragar o seu dia independente de que dia seja; segunda-feira ou sexta-feira 13. Todos os dias serão ótimos dias assim! Boa sorte! 🙂

Comenta aqui, miga!

O primeiro não

MFQ5MVE2HL

Desde novinhos nossos pais tentam nos ensinar algo, mas, como somos apenas crianças não aceitamos e na maioria das vezes resistimos aos bobos não’s que eles nos dão.

Quem nunca foi ao mercado com os pais, pediu uma bala e levou um não? Poxa, mas era só uma bala! ?. É o que pensamos na hora, ok, ok! Confesso que eu ficava por algumas horas emburrada pensando em como meus pais não me amavam e não se importavam comigo, só pelo fato deles terem negado uma simples bala que não custaria nem R$0,05 (naquela época, detalhe!).

Mas, muitas vezes, muitas coisas que eu desejei e pedi e levei um doloroso não, se eu questionasse o porquê do não, a resposta era imediata, quase que automática, talvez eles tivessem até combinado de usar essa frase: “quando você crescer, você vai entender” e eu rebatia: “mas vai demorar!”. Engraçadinha? Talvez, mas eu não fazia ideia do que me aguardava!

Hoje, com meus vinte e dois anos completos e bem vividos, diga-se de passagem, eu aprendi que aqueles não’s eram bobos, não eram nada comparados aos não’s que eu colecionei até agora e eu sei que muitos deles virão, mas, de alguma forma eles sempre me surpreendem e aquela frase surge na minha cabeça: “quando você crescer, você vai entender“.

Cada não que você levou dos seus pais e ficou chateado, se sentindo injustiçado, acredite, ele tinha motivo. Eles estavam tentando te preparar para algo chamado: vida e em algum momento da sua vida, eles não poderiam te proteger de um não e eles sabiam disso. Sim, eu sei, o primeiro não que você levou da vida foi completamente diferente daqueles não’s que os seus pais te deram, mas, e se eles nunca te negassem nada? Se eles fizessem todas as suas vontades? Como você reagiria ao primeiro não?

É claro que na vida há inúmeros não’s colecionáveis: empregos, relacionamentos etc. Mas, você tem que aprender com cada não e não deixar que eles te façam perder o chão, afinal, seus pais não te negaram tantas coisas pra você não ser forte e não saber encarar isso, né?!

O não de hoje é fruto de um futuro com muitas experiências, procure aproveitar cada não e aprender com eles a dar o melhor de você!

Comenta aqui, miga!