Quero morar sozinha e agora?

YYQ3XBYDAP

Se você está pensando em sair da casa dos pais, avós ou simplesmente quer morar sozinha, esse post foi feito para você!

Que a verdade seja dita: não é fácil! Você tem que estar ciente de que muitas coisas irão mudar. A roupa suja não irá aparecer num piscar de olhos limpinha e dobrada no seu guarda-roupa, viu? Sim, isso não se chama mágica! Quando você chegar em casa não vai ter comida descongelada e prontinha, só esperando você para apenas aquecê-la no microondas! Triste, né? Pois é! Eu sei bem o que é isso! Hahah

Antes de qualquer coisa, você precisa responder três perguntinhas básicas:

  1. Eu consigo me manter?

Dinheiro nunca caiu do céu e para arcar com suas despesas você vai precisar de um trabalho. Algumas coisas deixam de ser prioridade a partir do momento em que você decide morar sozinha, se você todo mês gasta maior parte da sua mesada ou o seu salário com roupas, maquiagens e mimos: esteja ciente de que isso irá reduzir! Pois você terá que pagar e/ou dividir aluguel, água, luz e comida! Que são os principais gastos.

  1. Eu sei me virar?

Aqui entra a questão de lavar sua roupa, fazer comida e limpar a casa. Ok, lavar roupa não é tão difícil hoje em dia, pois existem máquinas de lavar e limpar a casa também não é uma tarefa complicada, mas e cozinhar? Você vai conseguir manter uma boa alimentação? Geralmente quem passa a morar sozinha se entope de besteira e não é só porque você vai morar sozinha que precisa deixar a sua alimentação a desejar! Eu sei que é chato fazer comida só para você e não é tão gostoso assim comer sua própria comida como comer a comida da mamãe, mas, nada de comer apenas congelados!

  1. É a hora certa para fazer isso?

Se você está cursando faculdade e já acha cansativa a rotina de trabalhar e estudar, melhor deixar isso para mais tarde. Você não vai ter animo e disposição para conciliar tudo de uma vez só, se você já acha que os dias são curtos assim, imagina quando além de tudo isso você tiver que cuidar dos afazeres domésticos! Claro que muitas pessoas como eu, que já faziam isso quando moravam com os pais, fica um pouco mais fácil, mas não quer dizer que vai ser facílimo! É cansativo, estressante e isso piora na TPM, acredite! :p

Claro que você não precisa necessariamente seguir as minhas dicas, mas é importante que você pense muito bem antes de se decidir! Não pense apenas na sua liberdade, pois muitas vezes você vai deixar de sair no final de semana para pôr a casa em ordem ou até mesmo se sentir muito cansada para pensar em sair. Mas, isso não significa que se você for caseira vai conseguir levar tudo numa boa, morar sozinha por vezes te deixa muito solitária e mesmo que você vá dividir aluguel com alguém, pense que conviver com seus pais e/ou irmãos já é difícil, imagina com alguém que não é da sua família. Coloque em uma balança os prós e contras, certo? Não faça nada sem pensar, pois nem sempre você terá a oportunidade de voltar atrás!

Boa sorte!

Xoxo.

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Talvez cê curta

48 Comentários

  1. Eu já pensei em ir morar sozinha esse ano, mas não acho ideal pra mim no momento não é por falta de dinheiro, mas acho que pretendo economizar para dar entrada em algo meu mesmo.
    Adorei as dicas.
    Acho que ter uma propriedade é mais do que o meu sonho.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

  2. Realmente, morar sozinha é o sonho, mas a realidade é bem diferente. Aprendi isso da pior maneira depois que minha vó faleceu, mas ao mesmo tempo que é difícil, é uma experiência que contribui muito para o crescimento pessoal! Adorei o post!

    Beijo,

    Amora Says (www.amorasays.com.br)

  3. Menina nunca tive vontade de morar sozinha, tive que passar por isso os 4 anos e meio da minha faculdade pois era em outra cidade, mas se não tivesse tido essa obrigação não teria saido de casa, confesso que pra mim não foi a melhor coisa do mundo, foi muito bom pois aprendi muito, mas não faço questão de voltar a essa vida!
    Bjus
    Taty
    Na Casa dos Abrantes
    Canal

  4. Verdade Sté! Não é nada fácil, mas acho que a pior parte é se manter mesmo, tendo isso de resto vai se dando um jeito. Claro que pra isso tem de estar maduro e como vc disse, ter certeza de que é a hora certa!
    Beijos

  5. Oi! Moro só e às vezes é muito bom, às vezes ruim, claro, tem esses dois lados. É uma decisão muito séria a ser tomada, mas uma liberdade almejada. O ponto mais forte é o “eu consigo me manter?” Acho que as outras dá pra administrar e com o tempo já ganhar experiência e logo já tá se virando só mesmo.

  6. Amei o post!
    Até porque meu sonho sempre foi morar sozinha, mas depois que meu pai faleceu, tive que adiar os planos, para ficar mais tempo com minha mãe e irmão.
    Mas um dia eu pretendo ter essa experiência, aprender a me virar sozinha, criar mais responsabilidades, dentre outros.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

  7. Minha mãe não é casada, é só eu e ela e não pretendo deixá-la sozinha hahahah.Caso eu case num futuro e ela não esteja casada, com certeza vou querer que ela viva bem pertinho de mim, tipo na mesma rua hahah, para assim eu poder vê-la todo dia! Somos muito inseparáveis, eu sei que isso prejudica na minha autonomia (ou falta dela), mas mesmo querendo fazer as coisas, as mães sempre tomam as rédeas.

    Beijos!

    Poesia em Transe

    1. Minha mãe já é diferente, ela deixava qualquer filho tomar suas próprias decisões enquanto morávamos com ela, ela apenas orientava e abria nossos olhos para futuras decepções. E eu entendo esse seu apego a ela, afinal, é mãe <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *