#marialiterária: Resenha: Cidade das Cinzas

 

Cidades das Cinzas é o segundo livro da série literária Instrumentos Mortais, a resenha do primeiro livro: Cidade dos Ossos.

Sinopse: Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras especializada em matar demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que um simples “amigo”. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe deles parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau… e também o pai de Clary e Jace.

Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova Yok está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se isso for verdade, qual seria o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?

Como eu ganhei os seis livros logo que terminei o primeiro não hesitei para começar a ler o segundo, eu tinha grandes expectativas sobre essa série literária e confesso que até o momento não me decepcionei nenhum pouquinho!

Neste livro Clary e Jace lutam contra a atração que sentem um pelo outro, afinal, eles descobriram no livro anterior que são irmãos (pra minha tristeza). Simon que até o momento não fazia parte de fato do “triângulo amoroso”, tem uma chance com Clary e, vamos combinar, os dois definitivamente não combinam.

Valentim, pai de Clary e Jace, para conseguir o que quer se uniu a algo que todo Caçador de Sombras nasceu para exterminar, demônios. Jace ao se sentir dividido procura Valentim e ele conta o que planeja fazer e para que Jace se sinta ainda mais dividido pede apoio de seu filho em troca de segurança a todos seus amigos.

Clary que até o momento era considerada fraca por não ter tido treinamento algum sobre o que realmente ela é, se mostra mais forte e surpreende a todos quando descobre o que é capaz de fazer.

Eu recomendo muuuuuuito essa série literária, gente! A leitura é tão fácil que flui facinho, facinho!

Quem aí já leu? 

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Talvez cê curta

80 Comentários

  1. Bom dia minha quelida linda, realmente eu so leio resenhas. Sou de gêmeos daquelas que começar a ler e vai ao final do livro( não acredito mas faz de conta que acredito nisso.)
    O pior é que so péssima leitora, diferente da filha professora de Literatura e orientadora de mestrado e tem até um curso de correção.
    Ótimo final de semana,com muita paz.
    Obrigada pela visita, volte sempre!
    Beijos coloridos!♥♥♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *