Tal pai tal filha

 

Se tu soubesse a saudade que eu sinto de você, você jamais ousaria ter partido.

As pessoas dizem que aos poucos vamos esquecendo pequenos e até mesmo grandes detalhes sobre as pessoas, mas eu ainda consigo lembrar do tom da sua voz, engaçado, né? Tem tanta coisa sua em mim que é impossível me olhar no espelho e não lembrar de você, pai, porque eu sou a tua cara. A minha boca, o meu nariz e os meus olhos não negam isso.

Eu percebi que conforme os anos passam fica mais difícil falar sobre você, principalmente escrever, mas eu queria escrever algo especialmente pra você. Mesmo que você não faça ideia do que significa ter um blog e, claro, mesmo que você não vá ler, mas dessa forma eu consigo me sentir um pouquinho mais perto de você.

Todo ano nessa época eu me sinto deslocada, eu sei que você não gostaria que eu me sentisse assim, mas eu não posso evitar a saudade que aumenta nessas datas e mês que vem é o seu aniversário, como que eu não posso ficar triste por não poder te abraçar e ouvir você cantar suas músicas prediletas enquanto vamos dar uma volta na praia?

E a mãe continua com aquela mania de dizer que eu tenho os teus trejeitos e que penso igualzinho a você, não é a toa que eu sou sua filha, né? Afinal, eu sou a sua melhor versão feminina e confesso que me orgulho disso, não pela genética e sim pelo caráter.

Você não era o pai do tipo herói, mas era o meu pai e continua sendo o melhor pai.

Te amo, pai 

23 anos, adora sinceridade e fala o que lhe dá na telha.

Talvez cê curta

66 Comentários

  1. Não tem como não chorar, pq hoje velhinha morro de saudades de meu pai, lindo, íntegro e muito trabalhador. Só não sabia mostrar carinho pq não o recebeu.
    Bom quem tem pais íntegros.
    Tenho o maior orgulho dele.
    Desejo a você uma ótima semana, com muita paz.
    Obrigada pela visita.
    Beijos coloridos!♥♥♥

  2. Olá Sté,
    Estou debulhando em lágrimas com seu texto. Me identifico com cada linha desse post. Meu pai faleceu faz 12 anos e eu era super companheira dele sabe? Além de ter o mesmo gênio, os mesmos gostos que ele, eu sinto uma falta imensa dele.
    Dia dos pais, aniversário dele e natal são as datas mais dolorosas para mim e sempre acabo chorando.
    big beijos,
    Lulu

    http://www.luluonthesky.com

  3. Nem sei o que dizer sobre a sua postagem Sté, é uma dor muito grande perder uma pessoa amada, ainda mais o nosso pai. Mas com certeza, da onde ele estiver, ele sabe desse seu sentimento lindo e puro, te protege, te ama e sente o mesmo, é seu anjo… Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *